15

Afinal, você sabe a causa das espinhas?

   
         Elas surgem inocentes e aos poucos ficam amarelinhas e aí não tem mais jeito, dá uma vontade de espremer, não dá?
       As espinhas são acnes que passaram por um processo inflamatório e acumularam pus. Vermelhas e insistentes, elas demoram para ir embora e dependendo do motivo pelo qual surgiram não dão adeus mesmo depois que passamos pela adolescência. As causas das espinhas são variadas e para todos os casos existe um tratamento adequado.

 Causas do aparecimento de espinhas: 

        Durante a puberdade os hormônios ficam à flor da pele e provocam alterações em todo o corpo, como o aumento de glândulas sebáceas. Essas glândulas são responsáveis por lubrificar a pele produzindo um sebo que contém gordura e resíduos celulares, em excesso, substratos atrativos para o surgimento de espinhas.
          Com a pele mais oleosa, os adolescentes ficam propensos a sofrer desse mal e como nessa idade nem tudo são flores isso pode causar traumas que vão além de um problema estético. As espinhas, geralmente, estouram no rosto provocando um constrangimento que pode ser prejudicial ao convívio social e abalar a auto-estima de quem tem esse descompasso hormonal.
           Para evitar que a situação se agrave é importante procurar a ajuda de um profissional e, se possível, buscar o tratamento mais eficiente para o seu tipo de pele.
           As espinhas também podem aparecer em razão de tendências genéticas e nesses casos o problema se manifesta mais cedo ou mais tarde, persistindo inclusive após a passagem da infância para a vida adulta.
Tratamentos para espinha
          O uso de antibióticos e de anticoncepcionais é uma alternativa para o tratamento de espinhas. Mas tanto um como o outro são considerados invasivos porque, de qualquer forma, são medicamentos e possuem reações adversas podendo causar danos que não tem como ser previstos de antemão. Dessa forma, esses remédios podem acabar tendo o seu uso interrompido, o que prejudica o bom andamento do processo de cura das espinhas.
         Medicamentos que ressecam a pele só são indicados em casos extremos e devem ter o seu uso rigidamente controlado por um médico. Causando irritação inclusive nos olhos, os produtos dessa natureza trazem excelentes resultados sim, mas exigem do paciente muita persistência e força de vontade.

           A luz intensa pulsada, por sua vez, é um procedimento que não causa incômodo e tem por objetivo controlar a oleosidade da pele na medida em que promove a cicatrização das espinhas e combater 3 dos principais tipo de bactérias da acne. A técnica é feita com um aparelho que emite luz e a aplicação não causa nenhum mal-estar. A sensação que se tem é a de uma ardência momentânea sutil acompanhada de uma forte emissão de luz.
 

          O ideal é que o paciente realize uma limpeza de pele prévia, associado com o uso de cosméticos específicos para esse tipo de pele em casa e crie hábito de utilizar diariamente filtro solar 30FPS.

Esse post é um publieditorial. Enviado pela Redação Pró-Corpo – www.procorpoplastica.com.br
Comentários
15 Comentários

15 comentários:

  1. Olá, te convido para sorteio
    de um lindo corpete da JM Imports
    é lindo mesmooo, to amando o meu e
    gostaria muito da sua participação
    é uma peça que vc vai amar ganhar tbm!
    Obrigada pela honra de sua presença♥
    Fique com Deus!!!
    super beijo ✿◠‿◠)✿
    www.coisasdeladdy.com
    http://www.facebook.com/coisasdeladdy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. claro que vou participar, muitissimo obrigada pela convite flor
      bjss

      Excluir
  2. Gosteih muito do post eu já estava precisando de uma ajudinha pois estou com varias. já estou te seguindo ameih o blog
    da uma passadinha no meu estou realizando um sorteio particepe vc tambem
    http://gihgossipgirl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gostei do post, ultimamente to com espinha no colo :s odeio rs mais pelo menos não é no rosto, beijos flor! ♥
    http://dicaspordanielacharleaux.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eh melhor no colo, mas ainda assim essas bixinhas sao um o neh miga
      bjossss

      Excluir
  4. Amiga ainda bem que não sofro com espinhass!
    Muito bom as dicas que vc deu,
    Beijinhoss amore ótima semaninha♥
    http://dessajoliiee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nem me fale, tenho verdadeiro pavor de espinhas! Ainda bem que aparecem poucas.

    Está rolando sorteio de um kit LUXO com peças de caveirinhas no blog, não deixe de participar!
    Beeeijo!

    www.blogmundoparalelo.com

    ResponderExcluir
  6. Aii, graças a Deus eu nunca tive problemas com espinhas, só um tempo atrás que tava com uns pelotinhos na testa, mas não era espinhas mesmo, nem eu sei o que era, aheauheu, mas agora já num tenho mais!!
    Bjss

    ResponderExcluir
  7. Oi Mônica !
    Espinha é o ó , quando era adolescente eu tive muita, hoje em dia raramente tenho.ótimo post.

    Beijoca !
    Tenha uma semana abençoada !
    http://casascoisaseoutros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. adoreii,gostei muito mesmo. bjs

    ResponderExcluir

Gostou desse post, não deixe de compartilhar e deixar sua opinião.

Propagandas,comentários ofensivos, xingamentos e afins não serão publicados

Tem um blog? Deixe seu link para que eu te visite tb. ( Ps: Ao deixar o link NÃO coloque HTTP OU WWW , devido a politica de regulamento do Blogger.)

Bjins!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...